Frente Parlamentar em Defesa do SUS é instalada na capital

O SERGS participou nesta terça (24) da cerimônia de instalação da Frente Parlamentar em Defesa do SUS, na Câmara Municipal de Porto Alegre, proposta pelo vereador Aldacir Oliboni. A cerimônia on-line contou com apresentação do músico Nei Lisboa, que teve Covid recentemente e manifesta publicamente sua gratidão ao SUS.

Além do vereador proponente, participaram também outros vereadores da capital, e lideranças políticas e da saúde nacionais e estaduais, como a deputada federal Maria do Rosário, e o presidente do Conselho Nacional de Saúde, Fernando Pigatto. Rosário reforçou a importância de defendermos o SUS e lembrou que o atual governo está nos obrigando a redesenhar o conceito de genocício, com o descaso com a pandemia e o saldo de mais de 560 mil mortos no país.

A presidenta do SERGS, Cláudia Franco, representou a entidade e enfatizou que é preciso um olhar menos ufanista e mais realista na defesa do SUS, sistema que faz parte de um pacto social firmado desde 1984 e que é a espinha dorsal para uma sociedade democrática e solidária. Lembrou também que o SERGS tem uma história de décadas em defesa do SUS e saudou a criação da Frente Parlamentar como mais um espaço de lutas.

A diretora Inara Ruas, também participou da solenidade, na qualidade de presidenta em exercício do Conselho Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul (CES-RS). Para Inara, o principal desafio da Frente será lutar para assegurar o caráter deliberativo dos Conselhos de Saúde. “Sempre que tenta defender o SUS, o controle social se torna perigoso e suas deliberações são desconsideradas”, refletiu.

Acompanhe na página da Câmara dos Vereadores de Porto Alegre e nas mídias do SERGS as próximas ações da recém-criada Frente Parlamentar em Defesa do SUS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × dois =