SERGS atualiza categoria sobre negociações 2022

Enfermeiro(a) também sente “no bolso” a inflação 

 

Com o objetivo de manter a categoria ciente do andamento das convenções e acordos coletivos 2022, o SERGS informa sobre o status de cada uma das negociações com as patronais.

É importante destacar a resistência das entidades patronais em conceder avanços para os trabalhadores. Todos os anos, graças ao esforço do SERGS e demais sindicatos da saúde, com muita discussão na mesa de negociação, são repactuados direitos já conquistados, para além da CLT, como Vale-Alimentação, Auxílio Educação, Adicional Noturno, entre outros. E a reposição inflacionária – valor que não representa aumento real, apenas a recomposição de perdas – é sempre uma luta, pois os grandes hospitais investem em obras e equipamentos, mas não querem valorizar seus profissionais.

Para esse ano de 2022, de alta da inflação sentida no bolso de todos os enfermeiros e enfermeiras, o cenário não é diferente. O SERGS está na luta constante para fechar convenções e acordos que sejam minimamente favoráveis à categoria, garantindo conquistas e tentando vencer a resistência das patronais.

A presidenta do SERGS, Cláudia Franco, lembra que valorizar enfermeiras(os) e todos(as) os(as) demais profissionais da equipe multidisciplinar de saúde não pode ser visto como gasto pelos gestores. “Valorizar os profissionais da Enfermagem é investimento e garantia de um atendimento mais qualificado da saúde da população”

Veja agora um resumo das negociações:

  • Sindiberf – a negociação já começou mas o SERGS aguarda uma nova proposta com ajustes solicitados.
  • Sindihospa – negociação ainda nem começou.
  • Unimed POA e Vale do Caí – primeira reunião acontece nesta semana, em breve novidades.
  • FHGV – a Fundação Hospitalar Getúlio Vargas, responsável pela gestão de serviços de saúde na região metropolitana, resiste em conceder a reposição integral do INPC e a manter as cláusulas sociais. O SERGS segue na luta em busca de avanços.
  • Fundação Municipal de Saúde de Canoas – ainda está em aberto a assinatura do acordo de 2021 para começar a negociação deste ano.
  • Fundação Hospitalar Novo Hamburgo – SERGS aguarda retorno do ofício enviado para iniciar negociação.

Acompanhe no site e redes sociais do SERGS o andamento das negociações. Pressione seus gestores, discuta com seus colegas a importância de todos(as) se mobilizarem na busca por direitos. Afinal, a inflação está pesando para todo mundo e enfermeiro(a) também tem casa para sustentar e contas a pagar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15 − 6 =