Hospital Porto Alegre não envia documentos rescisórios e SERGS faz nova intervenção junto ao MPT

Conforme noticiado em dezembro, o Ministério Público do Trabalho (MPT) havia dado prazo até dia 17 para Associação dos Funcionários Municipais de Porto Alegre (AFMPA), mantenedora do Hospital Porto Alegre, apresentar os documentos referentes aos termos de rescisão e guias de seguro desemprego de enfermeiras(os) desligadas(os) da instituição.

Tais documentos ainda não foram encaminhados ao SERGS, que já fez nova petição ao MPT. O sindicato segue firme na luta pelo pagamento de todas as verbas rescisórias aos profissionais que foram demitidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × quatro =