Estratégias para defender trabalhadores na pandemia em debate na CUTRS

 

O SERGS foi representado por sua diretora Inara Ruas na Plenária do Coletivo de Saúde da CUT-RS, nesta quarta, dia 30. A atividade, preparatória à plenária estadual, teve participação da Secretária de Saúde do Trabalhador da CUT, Madalena da Silva.

Madalena fez um resgate de todas as ações desenvolvidas pela central sindical desde o princípio da pandemia. “A SST-CUT tem realizado encontros para tratar da disseminação da Covid-19, principalmente entre trabalhadores da saúde, elaborando diretrizes e materiais de divulgação relativos à CAT, Nexo de Causalidade como doença do trabalho, Medidas Protetivas, Assédio Moral, entre outros temas”, explanou.

A secretária também reforçou a importância da atuação dos sindicatos, na defesa da saúde dos trabalhadores e do SUS, somando-se à luta pela revogação da Emenda Constitucional 95, que congela os recursos destinados à saúde pública. Também salientou ser fundamental o acompanhamento pelos sindicatos dos trabalhadores contaminados e a pressão sobre os empregadores.

O SERGS vem atuando na defesa de enfermeiras(os) desde o princípio da pandemia, exigindo o fornecimento de EPIs, afastamento dos grupos de risco e testagem das equipes na linha de frente. Muitas dessas frentes tiveram de ser judicializadas, em articulação com sindicatos de outras bases, e seguem enfrentando resistência das entidades patronais.

A diretora Inara Ruas diz que é importante fazer o CAT e a Notificação como Acidente Grave de Trabalho no Sinan, pois os documentos atuam como proteção ao trabalhador e servem como instrumentos para fins de epidemiologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 2 =