GHC deverá afastar trabalhadores de risco e autorizar a presença dos sindicatos em suas dependências

 

As entidades de trabalhadores da saúde obtiveram êxito na ação contra o Grupo Hospitalar Conceição para manter afastados trabalhadores de grupos de risco ao Covid-19: maiores de 60 anos, portadores de comorbidades, lactantes afastados dos setores mais diretamente expostos ao vírus, assegurado o direito individual dos trabalhadores que desejarem continuar trabalhando em seus setores originais. O deferimento ao pleito das entidades foi expedido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região – TRT4, nesta terça, dia 12, justamente a data em que marca o Dia do(a) Enfermeiro(a).

De acordo com a liminar concedida, também fica autorizado o ingresso de representantes dos sindicatos autores da ação nas dependências do GHC, para que verifiquem se estão sendo corretamente fornecidos os equipamentos de proteção individual – EPIs e se estão sendo cumpridas as medidas de realocação e remanejo dos trabalhadores do grupo de risco.

A presidente do SERGS, Cláudia Franco, comemorou este pequeno avanço na proteção à vida e à saúde dos trabalhadores. “Diante da resistência das instituições em fornecer os EPIs necessários e liberar os grupos de risco, esta é uma conquista importante obtida pelos sindicatos, na via judicial”, afirma.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 8 =