Entidade internacional da Enfermagem se soma à FNE e sindicatos no repúdio a atos antidemocráticos

A Global Nurses United (GNE) emitiu em suas redes de comunicação nota de repúdio, condenando os atos de terrorismo e violência política ocorridos no domingo (08/01) na capital do Brasil.

Em nota a entidade, que representa mais de 2,5 milhões de enfermeiros e outros profissionais de saúde em 29 países ao redor do mundo, condena veementemente os violentos ataques antidemocráticos ao Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal e Palácio do Planalto em Brasília, Brasil.

“Esses ataques ao governo democraticamente eleito do Brasil são condenáveis, e enfermeiras de todo o mundo se solidarizam com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o povo brasileiro em sua defesa da democracia e do estado de direito. Compartilhamos ainda os sentimentos de nossa afiliada, Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE), que afirma: “Atos de terrorismo registrados devem ser investigados, com os responsáveis ​​punidos cuidadosamente em toda a extensão da lei”.

A nota expressa solidariedade à FNE e ao movimento trabalhista brasileiro em geral.

“Infelizmente, este ataque terrorista de neofascistas em Brasília não é exclusivo do Brasil. Há evidências claras de uma rede internacional de neofascistas tentando minar a democracia em vários países” diz a nota, lembrando o ataque semelhante ao Capitólio dos EUA em Washington.

Confira a nota aqui!

https://www.nationalnursesunited.org/press/gnu-condemns-acts-of-terrorism-and-political-violence-on-brazils-capital

Fonte: Ascom FNE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

17 − 3 =