Enfermeiros(as) da base Sindihospa receberão INPC na data-base

Enfermeiros(as) vinculados à base Sindihospa votaram durante o último final de semana e aceitaram a proposta de reajuste do INPC integral de 3,23% (abril 24) na data-base da categoria, no mês de maio. Também foi aprovada a manutenção de todas as cláusulas sociais e a criação de uma comissão para que SERGS e Sindihospa discutam temas importantes para a categoria como vale-alimentação, auxílio-creche e regulação para proteção de saúde do trabalhador, de forma a garantir benefícios semelhantes nos diferentes hospitais da base Sindihospa.

A votação aconteceu de forma eletrônica, com os seguintes resultados: 87,8% a favor da proposta de reajuste e 93,2% pela manutenção das cláusulas sociais. Também foi aprovada pela categoria a cobrança de cota negocial (66,7%). Conforme anunciado na assembleia, a cota negocial referente a um dia de trabalho será descontada em duas parcelas e somente de enfermeiros(as) que não sejam sócios(as) do SERGS em dia com a anuidade.

A assembleia realizada no dia 6, pelo Facebook, do SERGS teve a condução do diretor Ismael Miranda da Rosa, com participação da advogada Raquel Paese, do escritório Paese Ferreira Advogados, da assessoria jurídica d SERGS na capital. Durante o encontro, Ismael esclareceu pontos da proposta e colocou o SERGS à disposição para atender as dúvidas da categoria.

Com a proposta aprovada, o próximo passo é apresentar os resultados da assembleia ao Sindihospa, para homologação da Convenção. Acompanhe novas informações pelo site e redes do SERGS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco − 2 =