Defesa da Reforma Psiquiátrica é retomada no Parlamento gaúcho

O SERGS marcou presença na reinstalação da Frente Parlamentar em Defesa da Reforma Psiquiátrica, nesta quarta (21), na Assembleia Legislativa do Estado. A Frente é liderada pelos deputados Valdeci Oliveira e Zé Nunes. O SERGS foi representado por sua diretora Bruna Engelman.

A Reforma Psiquiátrica completa 30 anos em 2023 e possibilitou a inserção social e adoção de cuidados humanizados dos pacientes psiquiátricos. “O fechamento de grandes hospitais psiquiátricos não significa desassistência, mas o redirecionamento de recursos para uma ampla e complexa rede de serviços para substituir o encarceramento dos pacientes”, explicou o deputado Valdeci.Já o deputado Nunes manifestou preocupação com os retrocessos ocorridos nos no atendimento psiquiátrico pelo SUS e lembrou o financiamento de abordagens não científicas e sem eficácia, baseadas no isolamento do indivíduo e na tutela forçada.

Segundo Bruna Engelman, a retomada dessa discussão no parlamento gaúcho representa um grande avanço para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas ao atendimento psiquiátrico, destacando a importância da enfermagem nesta área.

O lançamento da Frente ocorreu no Salão Júlio de Castilhos da Assembleia Legislativa, com a participação de psicólogos, membros da comunidade acadêmica, representantes da geração que lutou pela Reforma Psiquiátrica, pacientes e familiares. A cerimônia foi encerrada com a apresentação do Grupo de Arte Nau da Liberdade.

(Com informações ALERGS)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × um =