Sindicato saúda a criação da Frente Parlamentar em Defesa do SUS na ALERGS

O SERGS marcou presença na instalação da Frente Parlamentar em Defesa do SUS, nesta quarta (10), na Assembleia Legislativa do RS. O evento reuniu autoridades da saúde, gestores hospitalares, estudantes, sindicalistas e parlamentares de diversas siglas. A iniciativa da Frente é do deputado Pepe Vargas (PT), que irá presidir o colegiado.

O SERGS foi representado por suas diretoras Bruna Engelman e Inara Ruas, também no ato representando a Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE). O Conselho Estadual de Saúde, órgão que conta com a diretora do SERGS Inara Ruas na vice-presidência, foi representado desta vez por seu presidente Cláudio Augustin, que se recupera de sequelas pós-Covid e conseguiu comparecer à cerimônia, emocionando a todos com seu depoimento. Augustin lembrou que é importante uma ampla discussão do modelo de financiamento do SUS para que o sistema funcione de forma eficiente.

Conforme o deputado Pepe Vargas, o SUS foi maltratado, desprotegido e fragilizado nos últimos anos. Não só porque perdeu R$ 45 bilhões por conta da aprovação da Emenda Constitucional 95, mas porque houve negacionismo em relação às evidências científicas.

Durante as falas de todos os presentes, também foi exaltada a importância do SUS para a saúde de brasileiras e brasileiros durante a pandemia.

O SERGS dará total apoio às atividades desta Frente, sempre buscando reforçar o protagonismo da enfermagem para o desenvolvimento e fortalecimento do SUS. “A frente possibilitará uma ação mais direta do Legislativo gaúcho sobre pontos fundamentais acerca do SUS, já amplamente debatidos pelos sindicatos e agentes do controle social”, opina Inara Ruas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15 − 10 =