SERGS busca reaver triênios a enfermeiras(os) IMESF

O SERGS ingressou com pedido de pagamento de avanços salariais para as(os) enfermeiras(os) vinculadas(os) ao IMESF. Tais avanços fundamentam-se em regramento interno do Município de Porto Alegre, o qual garante o acréscimo de cinco por cento (5%) sobre o vencimento básico aos empregados celetistas, a cada três anos de efetivo exercício.

Por sua natureza jurídica, o IMESF faz parte da administração indireta e, por essa razão, as disposições também se aplicam aos trabalhadores celetistas que atuaram ou ainda atuam na Estratégia de Saúde da Família. O pagamento aos celetistas deste direito já foi objeto de análise pelo TRT4, com direito reconhecido aos trabalhadores de outras áreas do município.

Essa é mais uma ação para reaver direitos de enfermeiras(os) vinculadas(os) ao IMESF, devidamente aprovadas(os) por concurso público, em resistência às tentativas da gestão municipal de privatizar a saúde na capital.

SERGS meio século de lutas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 − 10 =