ONG Doutorzinhos abre cadastro para intervenções com pacientes e profissionais de saúde

As intervenções em formato digital serão alternativas para seguir com trabalho desenvolvido há mais de 14 anos durante a pandemia de coronavírus

Mesmo com as dificuldades para realizar visitas presenciais e até virtuais, a ONG Doutorzinhos dá um passo rumo à inovação na busca pela adaptação de seus trabalhos durante a pandemia. A ONG está lançando um cadastro de pacientes, ex-pacientes e profissionais de saúde para o agendamento de intervenções dos doutores-palhaços de forma virtual. Os interessados podem realizar a inscrição e combinar o melhor horário para receber uma dose receitada de alegria por chamadas online. A ONG projeta atender, no mínimo, 100 pacientes por semana pelo whatsapp e 60 profissionais de saúde em sala virtual.

Atualmente, a Doutorzinhos segue com o atendimento presencial apenas no Hospital da Criança Santo Antônio. Na avaliação de Maurício Bagarollo, fundador da ONG, a atuação da Doutorzinhos em um momento de pandemia, levando alegria para pacientes e profissionais de saúde em um ambiente de alta tensão, é fundamental. “A presença dos doutores-palhaços nos hospitais representa uma luz no fim do túnel e a esperança de dias melhores para muitas pessoas”, explica Maurício, que completa, “Nossa ideia é chegar no lugar para transformar aquele ambiente. No hospital, as pessoas ficam com um sentimento negativo, sem outra atividade, só acompanhando notícias ruins e nós chegamos para mudar aquela realidade pelo tempo que estamos conectados”.

A novidade é uma ampliação da experiência iniciada em 2020, que buscava superar os obstáculos impostos pelos protocolos fundamentais de proteção em hospitais, que restringiam a visita dos voluntários e até familiares de pacientes. As visitas em formato digital seguem com agendas semanais no Hospital de Clínicas, Santo Antônio, São Lucas e Kinder, com o contato mediado pelos profissionais de saúde do hospital.

Com o cadastro para consultas, é possível ampliar os atendimentos e entregar um momento de alegria para pacientes sem a presença dos trabalhadores do hospital. Assim, o contato seria direto entre os interessados e os doutores-palhaços, no caso de adultos ou com o acompanhamento dos pais, no caso de crianças. “Nesse formato, nós não sobrecarregamos os profissionais de saúde que estão na linha de frente dos cuidados de saúde e que estão sendo muito solicitados atualmente. Dessa forma, também podemos ampliar os atendimentos virtuais para outras instituições de saúde que não podem nos receber por questões falta de pessoal”, detalha Maurício Bagarollo.

A inscrição no cadastro pode ser feita pelo Google Forms disponível no link https://forms.gle/R6pupAerXsFfkTRg6 ou nas redes sociais da ONG, selecionar a opção para pacientes ou profissionais de saúde e será enviado o contato para agendamento, no dia da semana e horário ou dados da sala virtual para participar da intervenção artística. As atividades virtuais devem ocorrer, ao menos, até agosto de 2021. Após este período, a ONG Doutorzinhos analisará a viabilidade de retomar os atendimentos de forma presencial.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

um × três =