SERGS presente no encontro da UNISaúde

Nos dias 30 e 31 de outubro, a presidenta do SERGS, Cláudia Franco, participou em São Paulo do encontro da Rede Sindical UNISaúde. A UNISaúde representa mais de um milhão de trabalhadoras/es da saúde nas redes pública e privada, em 18 estados e no Distrito Federal. Trata-se da representação brasileira da UNI Global, rede sindical que reúne mais de 20 milhões de trabalhadores do setor de serviços em três continentes.

O evento discutiu o Projeto de Lei n° 990, de 2022 que dispõe sobre o atendimento domiciliar por cuidadores a idosos, bem como sobre a capacitação desses cuidadores. O SERGS participou ativamente deste debate, que deve envolver a Sociedade Civil, MPT e Conselhos nesse debate, visto que o cuidador possui uma atividade que se aproxima de profissões já regulamentadas, a exemplo das domésticas e profissionais do campo da enfermagem.

Também foi discutida a conjuntura da saúde privada e a expansão das empresas multinacionais no Brasil a exemplo da Rede D’or, Dasa, Notredame, Amil, Hap Vida e Intermédica. Foram propostas estratégias para unificar campanhas no nível nacional, e mencionado a dificuldade em evoluir para acordos nacionais, conforme proposto pela UNISaúde, devido a importância em garantir direitos para as/os trabalhadoras/es já consolidados nas Convenções Coletivas de Trabalho vigentes em cada base, resguardando as particularidades locais e regionais.

Por fim, foi proposta uma campanha sobre assédio moral e sexual e comunicação violenta no trabalho, envolvendo gestão, trabalhadores, MPT e governo no seu combate. A presidenta do SERGS defendeu que essa seja uma pauta unificada em todos os estados brasileiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

doze − 6 =