Uma das fontes de custeio do Piso tem publicação no Diário Oficial

Lei direciona saldos de fundos da saúde para as Santas Casas pagarem o novo piso aos profissionais da enfermagem, durante o ano de 2023

O SERGS comemora a publicação nesta quarta (7), no Diário Oficial da União, da Lei Complementar 197, que viabiliza o repasse de R$ 2 bilhões para as Santas Casas de todo país, até final de 2023, para custeio do pagamento do piso salarial da enfermagem. O dinheiro é proveniente dos saldos de repasses da União para os fundos de saúde e assistência social de estados e municípios.

O Fórum Nacional da Enfermagem, juntamente com todas as entidades que representam os trabalhadores da enfermagem no país, continuam na luta pela aprovação de outras fontes de custeio para o Piso, com mobilização total e pressão de deputados e senadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

19 − quinze =