Fórum Nacional de Enfermagem mobiliza senadores para as pautas da categoria

 

O Fórum Nacional de Enfermagem realiza, no próximo dia 18 de março, um café da manhã com senadores para debater Projetos de Lei que afetam os 2,3 milhões de enfermeiros, técnicos e auxiliares brasileiros.

“O café servirá para nos aproximarmos das lideranças, mostrar o trabalho da Enfermagem Brasileira, salientar o nosso quantitativo na saúde, nossas lutas e sensibilizá-los sobre nossos projetos que tramitam há anos”, afirma a enfermeira gaúcha e conselheira federal Rosângela Schneider. “Fomos recebidos com muita cordialidade em todos os gabinetes”, destaca.

Para Jebson Medeiros, coordenador do Fórum, o diálogo com os congressistas é fundamental para resgatar reivindicações históricas da Enfermagem, como a regulamentação da jornada de trabalho e o piso salarial nacional. “Queremos atuar em uma frente ampla em defesa da Enfermagem e da Saúde”, afirma Medeiro, que critica a inércia parlamentar. “O PL 2295/2000, que estabelece a jornada de trabalho de 30h semanais para enfermeiros, técnicos, foi aprovado em todas as comissões e vai completar duas décadas sem votação”.

Jebson destaca, ainda, a importância do Piso Salarial Nacional. Em 2019, após arquivamento do projeto original, o deputado Mauro Nazif (PSB) apresentou um novo projeto de lei sobre o Piso. O documento propõe um piso fixado no valor de R$4.650,00 para enfermeiro, 50% desse valor para o técnico de Enfermagem e 40% para o auxiliar de Enfermagem e para a parteira.

Sobre o Fórum – O Fórum Nacional da Enfermagem foi criado para articular a mobilização em favor de pautas relacionadas à valorização profissional, especialmente a regulamentação da jornada de trabalho em 30h semanais. É composto pelas entidades representativas da Enfermagem brasileira, incluindo o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde (CNTS), Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE), Associação Brasileira de Enfermagem – ABEn, Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS), Associação Nacional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem (ANATEN) e Executiva Nacional dos Estudantes de Enfermagem (ENEEnf). A presidente do SERGS, Cláudia Franco, é Secretária de Políticas Sociais e titular da Comissão de Mobilização do Fórum.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 + 7 =