Estêvão Finger fala sobre a greve dos/as trabalhadores da saúde de Canoas, que inicia dia 05

 

Presidente do SERGS concedeu entrevista à Rádio Guaíba, logo após assembleia que definiu greve dos profissionais vinculados ao HU, HPS, CAPS e UPAs do município. Eles estão com salários atrasados e alguns nem vale-transporte receberam do GAMP e da Associação Beneficente de Canoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15 + 19 =