Enfermeiras grávidas e demais colegas do grupo de risco devem ser liberados de trabalhar neste momento | Sergs

Notícias

Enfermeiras grávidas e demais colegas do grupo de risco devem ser liberados de trabalhar neste momento

 

As gestantes fazem parte do grupo de risco do Covid-19 (Coronavírus), juntamente com idosos, portadores de doenças crônicas e autoimunes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). Essa é a determinação reforçada ontem pelo Ministério da Saúde, em coletiva de imprensa que anunciou a nova metodologia de atendimento para pacientes que buscam as unidades com sintomas característicos do COVID-19, como febre junto com tosse, dor de garganta ou dificuldade respiratória.

Sendo assim, não é indicado manter enfermeiras gestantes trabalhando e atendendo a população, por integrarem este grupo de risco. O SERGS está recebendo denúncias da categoria de que os hospitais e serviços de saúde estão resistentes quanto a liberar suas enfermeiras e demais profissionais da saúde em gestação. O sindicato mais uma vez solicita que qualquer irregularidade seja denunciada imediatamente pelo email [email protected] ou através do telefone pelo telefone (51) 98177-8287 (celular de plantão).

Assim como a falta de EPIs é um caso grave de descaso com os profissionais e a população, da mesma forma, é preciso preservar a vida dos colegas que estão em grupos de risco à doença.

As mesmas orientações que valem para a população também devem valer para os trabalhadores que cuidam de outras vidas.

 
BUSCANDO SEMPRE A VERDADE ! SERGS PRESENTE E NA LUTA!

 

Compartilhe esta notícia