Enfermagem mostra sua força na Esquina Democrática, defendendo exercício legal da profissão e SUS público e de qualidade | Sergs

Notícias

Enfermagem mostra sua força na Esquina Democrática, defendendo exercício legal da profissão e SUS público e de qualidade



A Esquina Democrática de Porto Alegre, no Centro da capital, parou na última sexta, dia 20, no final da tarde, para um ato público em defesa da Enfermagem e do Sistema Único de Saúde. Sob um lindo pôr do sol, a manifestação promovida pelo Coren-RS, em conjunto com as entidades SERGS, Feessers, Sindisaúde/RS, Abenfo-RS, CNTSS, ABEn-RS e Fórum Gaúcho de Enfermagem, reuniu profissionais e estudantes de enfermagem, além da população que transitava pela Rua dos Andradas e arredores.


O ato comemorou a derrubada da liminar movida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) que impedia a solicitação de exames pelos(as) enfermeiros(as) na Atenção Básica, e demonstrou a força da enfermagem contra qualquer retrocesso que vise ao desmonte do Sistema Único da Saúde (SUS) e que cerceie o exercício legal da profissão. A liminar está suspensa até o julgamento do mérito do processo.


Com frases de ordem como “A Enfermagem unida é mais forte”, “O CFM não manda na Enfermagem”, “Não admitiremos o desmonte da saúde pública” e “A Enfermagem exige respeito ao exercício legal da profissão”, os participantes ganharam a adesão da população e chamaram a atenção para a importância de defender o SUS público e de qualidade. Também foi levantado o desmonte da Estratégia de Saúde da Família que vem ocorrendo atualmente na capital e em vários municípios.


Durante o ato, foi produzido um abaixo-assinado repudiando qualquer tipo de investida das entidades médicas na restrição de atuação dos demais profissionais de saúde.


Texto e fotos: Assessoria de Comunicação SERGS





Compartilhe esta notícia