Descumprimento de convenção coletiva em pauta com Sindihospa | Sergs

Notícias

Descumprimento de convenção coletiva em pauta com Sindihospa

 

SERGS e Sindisaúde estiveram reunidos nesta terça, dia 8, com a direção do Sindihospa, para tratar sobre queixas de descumprimento das Convenções Coletivas das categorias, que estão sendo encaminhadas pelos trabalhadores.

No caso do SERGS, enfermeiras(os) de várias instituições de Porto Alegre relatam que estão sendo obrigadas(os) a fazer a carga horária 12x36, que não é permitida na convenção trabalhista, por ser considerada exaustiva para as(os) profissionais. O sindicato também tem recebido denúncias de trabalho de gestantes em áreas de atendimento da Covid-19, o que é proibido por portaria do Ministério da Saúde.

A maioria dos relatos sobre descumprimento da convenção envolve o Hospital Moinhos de Vento. “Tivemos de mudar nossas vidas de um mês para o outro. Estamos exaustas”, relatou uma enfermeira da instituição, em mensagem ao SERGS.

O Sindihospa se comprometeu a levar a demanda para os seus associados e dar retorno aos sindicatos. O SERGS seguirá firme na defesa dos direitos de enfermeiras(os), exigindo o cumprimento do que foi firmado com a entidade patronal.

Compartilhe esta notícia