DEFENDER O SUS – DEFENDER A VIDA – DEFENDER OS TRABALHADORES DA SAÚDE | Sergs

Notícias

DEFENDER O SUS – DEFENDER A VIDA – DEFENDER OS TRABALHADORES DA SAÚDE

O SERGS vem, publicamente, manifestar seu repúdio a medida provisória 839, publicada neste dia 1º de junho de 2018, que retira recursos de várias políticas públicas. Mais uma vez o Governo Brasileiro que aí está, demonstra seu descaso e descompromisso com a população e sua completa incapacidade em gerenciar a nação, não sabe dialogar, não sabe negociar e pior ainda, sabe bem depredar o patrimônio que os brasileiro e brasileiras alcançaram, seja na ordem de direitos trabalhistas ou até mesmo aqueles que dialogam com a dignidade da pessoa humana, neste caso, a saúde e o SUS, que é, sem sobra de dúvidas a maior política inclusiva do nosso povo.

Já estamos vivenciando as mazelas decorrentes da EC 95 (EC da morte), que limita em 20 anos os gastos públicos na saúde, educação e serviços públicos, mais se impõe ao SUS. Na prática, a medida reforça e acelera o desmoronamento completo do SUS. Significa negação da saúde como direito, como define a Constituição Federal/88 e clareia ainda mais o posicionamento deste governo e seus aliados contra o interesse público.

O SERGS e os enfermeiros e enfermeiras sempre estiveram e estarão presentes ao debate e na construção e consolidação do SUS, Integral, Universal e de Qualidade.

Chamamos todo(a)s o(a)s integrantes de nossa categoria a defenderem o SUS e o controle social.

Diretoria do SERGS
Sindicato dos Enfermeiros no Estado do RS

Compartilhe esta notícia