CCT Sindiberf é homologada após intensa luta dos sindicatos | Sergs

Notícias

CCT Sindiberf é homologada após intensa luta dos sindicatos

Após intensa mobilização do SERGS e demais sindicatos de trabalhadores chegou ao fim a negociação com os hospitais filantrópicos e beneficentes. A Convenção Coletiva de Trabalho 2016-2018 é resultado de muita pressão das entidades sindicais, que realizaram campanha unificada e atos conjuntos de mobilização e protesto na Santa Casa e em outros locais de trabalho. Foi necessária também a mediação do TRT4 em várias rodadas de negociação.

Agora, finalmente está homologada a CCT 2016-2018 com o Sindiberf. Pela convenção, os(as) enfermeiros(as) receberão reajuste de 5% em novembro de 2016 (a incidir sobre os salários de abril/2016). Eventuais diferenças retroativas deste índice deverão ser pagas na folha de julho/2017.

Em relação ao reajuste 2017, o percentual estabelecido é o INPC da data base (3,99%) pago de forma parcelada em agosto e setembro próximos. O detalhamento deste parcelamento está descrito no texto da convenção.  Considerados todos os reajustes até setembro/2017, fica garantido um acréscimo salarial não inferior a R$195,55.  Ainda, existem mais questões de reajustes que estão descritos na norma coletiva para o ano de 2017, mas cuja aplicação dependerá do valor do salário resultante em setembro/2017.

Dentre os benefícios sociais, é possível destacar a conquista da licença adoção, com as mesmas garantias destinadas aos pais naturais, e a realização de atividades para o combate ao assédio moral, dentre outros pontos de luta.

“Foi uma negociação árdua, mas os sindicatos não recuaram em nenhum momento. O SERGS demonstrou mais uma vez estar ao lado da classe trabalhadora, defendendo a valorização da enfermagem”, comemora o presidente Estevão Finger.

Veja aqui a íntegra do documento firmado http://sergs.org.br/cct-sindberf/

Compartilhe esta notícia