NOTA OFICIAL MEDIDA CAUTELAR STF – A LUTA PELO PISO CONTINUA!!!

O SERGS vem a público se manifestar sobre a medida cautelar do STF que suspende o pagamento do piso salarial da enfermagem e a celebração das entidades patronais em relação ao tema.

O Sindicato de enfermeiros e enfermeiras mais antigo do país manifesta sua surpresa, desilusão e indignação quanto a essa manobra, que tenta colocar uma categoria que soma mais de 2,7 milhões de profissionais contra a população.

Segundo Claudia Franco, presidente do Sergs, o suposto estudo apresentado pela ANAHP, que embasa a ação de inconstitucionalidade, é criminoso pois não se baseia em dados científicos. Também ignora a discussão feita na comissão no Senado e na Câmara que justamente tratou das fontes de recursos para pagar o piso, desrespeitando o trabalho do Legislativo e das entidades. Vale lembrar que tiveram assento nessa discussão tanto as entidades patronais quanto as entidades de trabalhadores.

Agora, o SERGS inicia uma jornada de mais 60 dias de luta conclamando sua base, em conjunto com os demais sindicatos que representam os técnicos (as).

Não serão medidos esforços para dialogar com os ministros do STF para reverter esse entrave no pagamento do piso e mostrar à sociedade brasileira que a Enfermagem não pagará a conta do fechamento de leitos e que há recursos sim para pagar dignamente esses profissionais que sempre foram fundamentais na saúde do país e mostraram seu gigantismo na pandemia.

O piso é constitucional é legal! Respeitem a Enfermagem!
Chega de aplausos, queremos valorização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

11 + 10 =