Lobby do setor privado pode atrasar implementação do Piso Salarial

Senadores Heinze e Lasier: RETIREM o apoio à emenda que prejudica a Enfermagem!!!

 

O projeto do Piso Salarial da Enfermagem foi aprovado em maio na Câmara dos Deputados e aguarda a sanção presidencial. O projeto, de autoria do Senador Fabiano Contarato, passou pelo Senado e Câmara e foi aprovado depois de muita luta da Enfermagem.

Nesta quinta (2) mais um passo importante pode ser dado com a votação da Proposta de Emenda Constitucional 11, da Senadora Eliziane Gama, que dá segurança jurídica aos cofres públicos para implementação do Piso no setor público, ou seja, Ministério e Secretarias Estaduais e Municipais.

Porém, de forma oportunista, um grupo de senadores propôs uma Emenda à PEC11, que pode prejudicar e retardar muito o processo. Trata-se de uma emenda que protege os hospitais privados, enquanto não houver sinalização das fontes de custeio por parte do ente público.

Fruto do lobby dos hospitais e planos de saúde no Senado, essa proposta é totalmente descabida, uma vez que a rede privada tem orçamento próprio e condições, sim, de remunerar melhor seus profissionais. Principalmente agora com a autorização de aumentos nos planos de saúde.

Precisamos pressionar os senadores que apoiam essa emenda absurda e totalmente sem sentido, que só foi criada por lobby do setor privado. Mais uma vez a patronal não quer valorizar a Enfermagem, só explora a força de trabalho destes profissionais.

Do Rio Grande do Sul, temos dois senadores que estão apoiando essa emenda que prejudica a Enfermagem: Luiz Carlos Heinze e Lasier Martins. Vamos pressionar estes senadores para que retirem seu apoio para que a PEC11 possa ser votada amanhã em seu texto original.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × 2 =