Mobilização e resistência em todo país – enfermeiras(os) do RS aderem ao Dia Nacional pela Valorização da Enfermagem

A maior força de trabalho da saúde do país mostrou sua garra e poder de mobilização em atos realizados em cidades de todo o território nacional nesta quarta, dia 30 de junho, em defesa da aprovação do PL 2564/2020, que institui o Piso Salarial da Enfermagem.

No RS, conforme deliberação em assembleia realizada pelo SERGS, os atos foram espontâneos, em diferentes cidades e locais de trabalho. Mesmo com as temperaturas baixas que estão fazendo no RS, enfermeiras(os) e técnicas(os) de enfermagem protestaram com faixas e cartazes. Em Farroupilha, na Serra Gaúcha, as colegas enfrentaram 6 graus com sensação térmica negativa. Em Canguçu, no sul do Estado, chegou a cair uma fina neve durante o dia. E assim também foi em várias cidades. Veja fotos abaixo:

A presidenta do SERGS, Cláudia Franco, que também é dirigente da CNTSS-CUT, participou de forma remota de uma programação especial transmitida nacionalmente pelas Confederações e Federações de Trabalhadores da Saúde e Enfermagem, via youtube, com participação de lideranças nacionais da Enfermagem, disponível no link https://www.youtube.com/watch?v=9mxxuglS6_4&ab_channel=CNTSTV

Em sua fala, Cláudia ressaltou que os(as) profissionais da enfermagem melhor remunerados vão consumir e gerar mais renda nas cidades onde residem e atuam. E comentou que o lobby feito pelos municípios e grandes planos de saúde – alegando não ter recursos para pagar o piso proposto – é uma falácia. “Recursos existem, basta tirar isenções que hoje beneficiam poderosos”, afirma.

A luta pela aprovação do PL2564 continua, com forte mobilização em todo país. As entidades seguem na defesa da aprovação do texto original do projeto proposto pelo Senador Fabiano Contarato, com relatoria favorável da Senadora Zenaide Maia. A hora é de #resistência#!!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 1 =