Ato nacional em BH faz pressão para votação do PL 2564

O SERGS marcou presença nesta segunda, dia 14 de junho, no Dia Nacional de Luta em defesa da aprovação do Projeto de Lei 2564, que institui o Piso Salarial para a Enfermagem. O projeto, de autoria do Senador Fabiano Contarato, já tem parecer favorável da relatora Zenaide Maia e o número de assinaturas suficientes para ir à votação, mas encontra-se parado na pauta do Senado. As atividades realizadas na cidade de Belo Horizonte, capital de origem do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, reuniram mais de dez sindicatos de todo país e tiveram como intuito pressionar para que a pauta seja incluída o quanto antes para a votação dos senadores.

A presidenta do SERGS, Cláudia Franco, representou a enfermagem gaúcha nos atos realizados pelas entidades. Em sua fala, na coletiva de imprensa realizada pela manhã, afirmou que há recursos para instituir o piso salarial, basta vontade política dos senadores. “Chega de aplausos, queremos respeito e valorização. Não se faz saúde sangrando a enfermagem”, afirmou.

Se o PL não for à votação, as entidades que representam a enfermagem em todo país devem fazer uma grande paralisação nacional no próximo dia 30 de junho. Vários sindicatos estão realizando assembleias para decidir sobre a adesão ao movimento. O SERGS fará sua assembleia no próximo dia 18, em horário a confirmar, com transmissão pelo Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × um =