28 de abril – uma data para lembrar as vítimas de acidentes de trabalho

A data de 28 de abril marca o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho, iniciativa que surgiu no Canadá, através do movimento sindical, e se espalhou pelo mundo. A data foi escolhida em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, no ano de 1969. No Brasil, a Lei 11.121 instituiu em 2005 a data no calendário oficial, na semana que antecede o Dia do Trabalhador.

Todos os anos, milhares de brasileiros morrem ou ficam com sequelas por conta de acidentes decorridos no exercício de suas atividades profissionais. Na área da saúde, são altos os riscos de exposição a diferentes doenças, no exercício de atividades como a enfermagem.

Nesse período de pandemia, em especial, mais de 50 mil profissionais da enfermagem foram infectados com a Covid-19, conforme dados do Observatório da Enfermagem do Cofen, com 773 óbitos ocorridos nos últimos meses.

Esse é um número que precisa ser destacado na data em que se lembram os acidentes de trabalho, pois estes profissionais talvez não tivessem sido contaminados se houvessem políticas mais efetivas de controle da pandemia no Brasil.

Desde o início desta pandemia, o SERGS e várias entidades que atuam em defesa da enfermagem, tem lutado para que a Covid seja considerada uma doença ocupacional no caso dos profissionais da saúde. As entidades também têm defendido que sejam fornecidos EPI´s em quantidade suficiente, e que ocorra a testagem e vacinação ampla de enfermeiras(os) e demais trabalhadores da saúde.

Não podemos desvincular a questão da Covid dos Acidentes de Trabalho. É preciso reforçar pois há nexo causal, sim, como afirmam os advogados da área Trabalhista, já com entendimento favorável da Justiça do Trabalho.  Por isso, o 28 de abril é mais um dia de luta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 8 =