SERGS presente na Frente em Defesa do HPS

A presidente do SERGS, Cláudia Franco, participou nesta quinta, dia 8, da reativação da Frente Parlamentar em Defesa do HPS, na Câmara de Vereadores. Presidida pelo vereador Roberto Robaina (PSOL), a frente foi criada em 2019 com o objetivo de combater a privatização do Pronto Socorro da capital. O evento online teve a participação de deputados e vereadores de vários partidos, representantes de entidades sindicais, funcionários do HPS e lideranças do controle social.

Durante o encontro, foi ressaltada a importância do HPS como Patrimônio Histórico da sociedade porto-alegrense e gaúcha e a importância dos serviços prestados pelo seu quadro de trabalhadores, principalmente neste momento de pandemia.

A Prefeitura Municipal de Porto Alegre já está forçando um processo de terceirização na instituição, enquanto centenas de profissionais da saúde aguardam nomeação dos últimos concursos públicos realizados. Cerca de 600 enfermeiros(as) aguardam nomeação, segundo a presidenta do SERGS, Cláudia Franco.

Em sua fala no evento, Cláudia lembrou que não existe uma política efetiva de saúde em Porto Alegre há mais de 10 anos e que o HPS vem sendo um laboratório dos planos de terceirização da gestão anterior e da atual. “A população fica desassistida com o sucateamento e os profissionais que estão sendo terceirizados também estão colocando em risco seu registro profissional pela falta de condições adequadas de trabalho”, afirma.

A presidenta do SERGS viu como positiva a rearticulação da Frente, principalmente neste momento de agudização da pandemia, em que várias entidades se retiram do Comitê Municipal de Enfrentamento da Covid pela falta de diálogo com o Executivo Municipal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 5 =