NOTA DE PESAR: MARLEI DE MELO POLICENA

O SERGS informa com pesar o falecimento da enfermeira Marlei de Melo Policena, de 50 anos, que atuava no Hospital São Camilo, de Esteio, mais uma vítima da Covid-19, colega dedicada e querida por todos, mãe, mulher e amiga.

A cada vida perdida, ficamos mais consternados e aumenta a indignação com a irresponsabilidade dos nossos governantes em flexibilizar a economia em detrimento da saúde e das vidas.

No último mês de dezembro, completando 23 anos de formada pela Unisinos, Marlei deixou uma mensagem comovente em suas redes sociais, transcrita a seguir:

 

“Há 23 anos, escolhi a profissão que é uma arte e me tornou um ser humano ainda melhor a cada dia. Ser enfermeiro é estar tão próximo da vida e da morte, escolha mais certa da minha vida. Nunca tinha imaginado a força e coragem que tive e tenho que enfrentar nesses anos, as dificuldades desta profissão. Cada dia agradeço esse dom que Deus me deu em forma de profissão, poder ajudar, cuidar, ouvir, sorrir e chorar com cada acontecimento vivido seja alegre ou triste! Minha dedicação e profissionalismo continuam iguais desde o começo! Agradeço a cada paciente, a cada familiar, alunos de estagio a qual foram meus alunos na prática de enfermagem, a todas as equipes de enfermagem que passaram por mim, muitas hj minhas colegas, obrigada por todo aprendizado! Essa pandemia veio nos ensinar a ter empatia, nos colocarmos no lugar do outro, a pensarmos durante o isolamento de um parente amigo ou paciente o quanto é importante estarmos unidos, nos respeitando! Peço a Deus que ilumine a todos com saúde e felicidade! Vamos nos cuidar e cuidar dos outros! Esse é o meu lema nesses 23 anos”

 

E foi cuidando de vidas que, infelizmente, Marlei nos deixou. O vice-presidente do SERGS, Ismael Miranda da Rosa, fazia plantões ao lado de Marlei em Esteio e lamenta profundamente a perda da colega. Ele, que também contraiu Covid em 2020 e se recuperou, afirmou: “hoje perdemos mais uma enfermeira para o COVID, sabemos que muitos foram tirados do vale da morte por ela, mas quis o destino levar nossa guerreira incansável Marlei. Meu sentimento é de gratidão por termos estados  juntos nessa guerra contra a COVID, peço que Deus conforte nossos corações”.

 

– Aplausos! + Respeito! +Valorização

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 5 =