Nota Oficial do SERGS em defesa da democracia e da vida

 

Em seus mais de 40 anos de história, o SERGS tem reafirmado seu compromisso com as lutas da Enfermagem e da Saúde Pública, os direitos de enfermeiros e enfermeiras e a defesa do Estado Democrático brasileiro.

Por isso, entendemos ser inadmissível e criminosa a postura do atual Presidente da Nação, neste momento de grave crise em nosso país. Defender a ruptura democrática e a intervenção nos poderes, bem como a afirmação de que não está aberto “a negociar” são exemplos que reafirmam intransigência e falta de habilidade na gestão desta situação que atinge o mundo todo.

Igualmente, merece repúdio a menção ao AI-5, que instaurou um período de grandes restrições e tortura em nossa sociedade, no período do Regime Militar. Vidas desapareceram e muitas lágrimas foram derramadas neste momento amargo da nossa história, que deveria ser lembrado apenas como uma página triste – para nunca mais se repetir.

Sr. Presidente, já temos um vírus muito potente contra o qual lutar e todos nós, profissionais que estamos na linha de frente desta pandemia, não estamos medindo esforços para salvar as vidas dos brasileiros. Mesmo sem a quantidade ideal de equipamentos de proteção, mesmo estando em grupos de risco e podendo ser vetores do vírus para dentro de nossos lares e comunidades, continuamos lutando, incansavelmente.

Tudo o que não precisamos agora é de mais uma pandemia – do desrespeito à democracia, da falta de confiança na ciência e do autoritarismo.

Cada um e todos nós somos importantes. Essa é a maior riqueza de um país. A Enfermagem, como profissão que defende a Vida e a Democracia, seguirá firme levantando esta bandeira ao lado dos cidadãos e entidades que neste momento mantêm olhar lúcido e empático sobre tudo o que estamos vivendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 16 =