Covid-19: SERGS ajuíza ações em defesa da saúde da categoria

 

Nas últimas duas semanas, o SERGS ajuizou várias ações contra os grandes hospitais e serviços de saúde do Estado, como GHC, HCPA, Santa Casa, HPS e Fundação NH, exigindo fornecimento de EPIs e afastamento dos profissionais de grupos de risco.

“Muitos gestores alegam não poder afastar todos do grupo de risco em função da falta de mão de obra. O que temos conseguido negociar é o afastamento de pessoas com mais de 60, gestantes e lactantes, principalmente nos lugares mais críticos como UTI e Emergência”, afirma Cláudia Franco, presidente do sindicato.

O SERGS reforça que a vigilância em defesa da saúde dos profissionais da Enfermagem é uma tarefa de todos(as). “Pedimos aos colegas que mantenham-se vigilantes e denunciem qualquer irregularidade para que as providências possam ser tomadas”, conclui Cláudia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 10 =