Direito à Insalubridade para os funcionários do IMESF

 

Enfermeiros(as) e demais profissionais da saúde vinculados ao IMESF receberam o direito ao adicional de insalubridade em grau máximo. A decisão deferida pela  18ª Vara do Trabalho de Porto Alegre tomou por base o laudo pericial elaborado na ação movida pelo Escritório Paese Ferreira, que representa os sindicatos.

Assim, todos os trabalhadores do instituto passam a ter direito ao grau máximo de insalubridade em seus vencimentos, pois o trabalho consiste em atendimento ao público, acompanhando pacientes com HIV, tuberculose e outras doenças infectocontagiosas.

“Essa é mais uma conquista do SERGS e demais sindicatos em defesa dos profissionais da atenção básica, podendo, inclusive, criar jurisprudência para outros municípios, na atenção básica”, relata a presidente do SERGS, Cláudia Franco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × três =