A resistência vencendo a pressão !!!


Nesta quinta, 2 de janeiro, após o diálogo dos sindicatos com os trabalhadores do IMESF da Unidade de Saúde Farrapos, todos optaram por seguir trabalhando e não assinar a rescisão. A área de Recursos Humanos da Santa Casa, que estava lá para colher as assinaturas para o novo vínculo como terceirizados, não teve sucesso na investida.

A orientação aos trabalhadores do IMESF segue a mesma: as demissões permanecem nulas até 10 de janeiro – conforme liminar – e os trabalhadores que quiserem fazer valer o concurso público que realizaram devem resistir e seguir normalmente em suas atividades.

SERGS presente ! SERGS na luta ! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − seis =