Diário Popular mostra o quanto as(os) profissionais de saúde estão expostas(os) à violência

 

Matéria bem elaborada do Diário Popular fala das diversas formas de violências a que os(as) trabalhadores(as) estão expostos no Rio Grande do Sul. O presidente do SERGS, Estêvão Finger, cita o endividamento forçado que esses(as) profissionais são obrigados(as) a se submeterem, por falta de reajuste, ou de atraso salarial, também como uma forma de violência. Leia na íntegra a reportagem de Michele Ferreira.

Foto: Gabriel Huth (DP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − três =