SERGS apoia luta de professores(as) e demais servidores(as) do Estado contra parcelamento dos salários

O presidente Estevão Finger e a diretora Cláudia Franco representaram o SERGS no protesto organizado pelo CPERS Sindicato segunda, dia 11, em frente ao Palácio Piratini. Os(as) professores(as) estaduais, assim como demais servidores, estão recebendo seus salários parcelados há mais de um ano, e começaram greve.

Segundo Cláudia, assim como a saúde, a educação é uma área fundamental e não é possível tolerar este descaso governamental com a população e o desrespeito com os servidores. Em conjunto com outros sindicatos, o SERGS está mobilizado na luta contra o desmonte do Estado e tem levado sua bandeira para a frente do Piratini.

Texto: Assessoria de Comunicação SERGS / Foto: Divulgação

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − dois =