Políticas de enfrentamento do HIV/AIDS em debate

A diretora Janaína Rodrigues representou o sindicato, no dia 6 de setembro, na audiência pública sobre a gestão das políticas públicas de enfrentamento ao HIV/AIDS, realizada na Assembleia Legislativa do Estado. A audiência foi conduzida pelo deputado estadual Adão Pretto, coordenador da Frente Parlamentar de Enfrentamento ao HIV/AIDS e contou com a presença de profissionais da saúde, ativistas da causa e usuários(as).

Durante a audiência, o principal assunto tratado foi o sucateamento das políticas de prevenção e tratamento do HIV/AIDS no Rio Grande do Sul, estado que é o campeão brasileiro em casos da doença e que tem também a capital com maior incidência de casos no país.

Os presentes ressaltaram que as políticas de prevenção em datas como Carnaval, Dia dos Namorados, entre outras, e o trabalho preventivo nas comunidades foram deixados em segundo plano nos últimos anos, pois o Estado tem priorizado o enfoque biomédico. Enquanto isso o acesso ao tratamento é dificultado pela longa espera para o atendimento e falta de medicamentos.

O fechamento da sede do Grupo de Apoio à Prevenção da AIDS (GAPA-RS), ONG que prestava serviços importantes aos pacientes e à comunidade em geral, na capital, também foi um dos pontos lamentados no debate. Em uníssono, os participantes apontaram a urgente necessidade de uma nova articulação da sociedade civil e do poder público na luta contra AIDS.

A ausência do Secretário Estadual da Saúde, João Gabbardo dos Reis, na audiência, foi lamentada pelos presentes, tendo em vista que o objetivo do debate era justamente conhecer e propor alternativas para as políticas estaduais relacionadas o HIV/AIDS. “A ausência do gestor estadual da saúde neste debate já é um sinal evidente do descaso atual com o enfrentamento da AIDS no RS”, afirma a diretora Janaína.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =