Vila Nova em estado de caos: SERGS averigua denúncias recebidas

As diretoras Denize Cruz e Janaína Rodrigues estiveram em visita ao Hospital Vila Nova,  no último dia 29 de agosto, juntamente com uma equipe fiscalizatória do Coren-RS. A fiscalização foi demandada pelo SERGS, que recebeu muitas denúncias relativas a sobrecarga de trabalho e assédio moral na instituição, algumas, inclusive, de enfermeiros(as) que nem atuam mais na instituição, mas que estão solidários(as) com os(as) colegas que lá ficaram.

A visita confirmou muitos dos problemas relatados nas denúncias – falta de dimensionamento adequado, o que leva não somente à  dificuldade para que os(as) profissionais possam realizar sua técnica com a devida segurança, prestando o atendimento que merecem os usuários(as), mas também à sobrecarga de trabalho, adoecimento e assédio moral. A ausência de um espaço adequado para o descanso para os(as) profissionais foi outro ponto verificado, o que traduz a falta de respeito e valorização da equipe de enfermagem por parte da gestão da instituição.

Por fim, foi comprovado que ocorreu a abertura de uma nova unidade no hospital sem plano de dimensionamento de pessoal junto ao conselho profissional.

Segundo as diretoras que participaram da visita, cabe ao SERGS levar agora um relatório minucioso dos problemas verificados para encaminhamento e providências dos órgãos competentes. “A equipe de enfermagem está tentando fazer o seu melhor diante das dificuldades”, relata Denize. Janaína complementa: “os profissionais estão no limite e algo precisa ser feito com urgência”.

Texto: Assessoria de Comunicação SERGS / Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 2 =