Assembleia aprova proposta do Sindiberf

A assembleia realizada nesta segunda, dia 24, no auditório Anna Feraboli, no SERGS, reuniu a categoria em torno da proposta do Sindiberf na mediação do TRT, que apresenta avanços mínimos, somente conquistados após muita pressão do SERGS e demais sindicatos.

Pela proposta firmada na última sessão de mediação, a patronal se comprometeria a dar 5% referente a 2016 retroativo a novembro (sendo os retroativos pagos em julho/2017). Referente a 2017, seria pago o INPC da data base (3.99%)  de forma parcelada, sendo metade em agosto e o restante em setembro. Ainda haveria a recomposição dos percentuais não compostos em 2016  (4,83%) para salários até R$2.200,00 em 2 parcelas (janeiro de 2018 e Abril de 2018), e aos salários acima deste valor será agregado ao salário R$50,00 em janeiro/2018 e R$50,00 em Abril/2018.

Quanto à cláusula de reajuste mínimo não haveria a aplicação da mesma no ano de 2016 embora a tenhamos atualizado, mas para o ano de 2017 garantiu-se a aplicação da mesma, e assim nenhum enfermeiro(a) poderia receber reajuste menor do que R$ 195,95 até setembro/2017 e em 2018, no mês anterior à data-base dos(as) enfermeiros(as)  o reajuste não poderia resultar em valor inferior a R$ 204,53.

Os demais sindicatos também realizam suas assembleias nesta semana e o resultado será informado ao TRT para encerramento da mediação e acordo. A próxima reunião acontece no dia 2 de agosto às 14h, na sede do TRT4.

Texto e foto: Assessoria de Comunicação SERGS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + dois =