SERGS repudia violência contra a Ocupação Lanceiros Negros e presta sua solidariedade às famílias

O SERGS se solidariza com as famílias da Ocupação Lanceiros Negros e repudia as ações de violência ocorridas na noite desta quarta, dia 14 (véspera de um feriado religioso), para reintegração de posse do prédio da esquina das ruas General Câmara e Andrade Neves, no Centro de Porto Alegre, que pertence ao governo estadual e estava sem uso há mais de 10 anos.

Com bombas de efeito moral, spray de pimenta e um forte aparato do Grupo de Ações Táticas Especiais, a Brigada Militar agiu de forma violenta, cumprindo ação autorizada pela Justiça nesta semana, que permitia a utilização da força a qualquer momento.

A repressão atingiu muitas pessoas que estavam lá no momento da reintregração, entre elas o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do RS, deputado estadual Jeferson Fernandes, que foi detido. A presidência da ALERGS manifestou desacordo com a situação e considerou a violência uma afronta ao Parlamento gaúcho.

A hora é de prestar apoio!

A Ocupação Lanceiros Negros surgiu em novembro de 2015, quando pelo menos 70 famílias ocuparam o prédio do governo do Estado que estava abandonado há anos. Imediatamente, o governo de José Ivo Sartori entrou na Justiça para garantir a reintegração de posse.

Esta foi a quinta ação de reintegração de posse do prédio. Nas quatro vezes anteriores, os advogados da ocupação conseguiram reverter a decisão, pois a Justiça determinara que o governo do Estado oferecesse alternativas para as famílias, o que os integrantes do Lanceiros Negros negam que tenha acontecido.

A maior parte das famílias desalojadas ontem encontra-se agora na Ocupação Mirabal, localizada na Avenida Duque de Caxias, 380, Centro de Porto Alegre. As famílias necessitam de colchões e cobertores, fraldas, lenços umedecidos, roupas de criança e alimentos de todo tipo. O SERGS convida os(as) enfermeiros(as) de Porto Alegre e região para ajudarem estas famílias, neste momento tão difícil.

Texto: Assessoria de Comunicação SERGS / Foto: Divulgação Mídia Ninja

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =