Campanha contra a ação sanguessuga do Sindiberf

Com o falso discurso da crise e total inflexibilidade nas negociações, Sindiberf não concedeu reajuste no ano passado. A reposição só poderá acontecer agora, após mediação judicial e muito esforço dos sindicatos envolvidos. Neste ano de 2017, a patronal segue torturando os sindicatos e resistente em conceder reajuste para os(as) trabalhadores(as) da saúde, pois oferece INPC parcelado, sem reposição das perdas e sem retroatividade. Por isso, é fundamental que enfermeiros e enfermeiras se envolvam pessoal e diretamente nessa luta.

Como forma de pressionar a patronal, os sindicatos se uniram na campanha “Socorro” que tem por objetivo demonstrar como as gestões dos hospitais filantrópicos vem sugando seus profissionais nos últimos anos. A imagem de um vampiro representa o que o Sindiberf vem fazendo com suas equipes de trabalho.

O SERGS está junto nesta campanha. Os outdoors estão pela cidade! Fique atento ao ir para seu trabalho, fotografe, compartilhe. Com pressão da categoria, a patronal terá de abrir seus cofres.

Texto: Assessoria de Comunicação SERGS / Foto: Divulgação Intersindical

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =